Descobrir qual é o melhor canal Wi-Fi para o roteador é essencial para garantir uma conexão de qualidade enquanto estiver navegando na internet. No entanto, essa tarefa não é tão simples para quem não é especializado na área.

Porém, para mostrar que realizar esse procedimento não é tão difícil quanto parece, nós preparamos o texto a seguir. Nele, será possível descobrir, de maneira prática, como descobrir o melhor canal, além de fazer a alteração do canal na prática. Confira!

Como funcionam os canais do seu roteador?

Antes de descobrir qual é o melhor canal Wi-Fi para o roteador, precisamos entender como os canais funcionam na prática. Primeiramente, é preciso entender que existem duas frequências em que os roteadores atuais operam, sendo elas: 2.4 GHz e 5 GHz.

No caso da frequência 2.4 GHz, é possível contar com 13 canais, sendo esta a forma de conexão mais comum atualmente. Entre esses canais, apenas os de número 1, 6 e 11 contam com uma interferência menor entre eles, podendo oferecer um melhor desempenho na comunicação.

Já no caso da frequência 5 GHz, é possível contar com 24 canais, que não acabam se sobrepondo, como acontece com os de 2.4 GHz. Dessa forma, essa conexão acaba sendo mais veloz, apesar do fato dos canais poderem se congestionar da mesma maneira.

A partir de uma análise sobre as informações que transitam nos canais, é possível definir quais são as melhores para que o seu roteador atue. Porém, para isso, é preciso descobrir como o tráfego de informações acontece, além de conhecer métodos de mudanças de canal.

Como descobrir o melhor canal para se conectar?

A melhor forma de descobrir qual é o melhor canal Wi-Fi para se conectar é por meio de ferramentas que analisam o seu roteador. Existem vários aplicativos que podem te dar um relatório mais detalhado sobre a situação do seu aparelho.

Por meio deles, é possível verificar quais são os canais que contam com um sinal melhor para promover a sua conexão. No mais, você pode realizar os seguintes procedimentos:

  • Baixe um programa de análise de rede em seu computador ou em seu smartphone. O Wi-Fi Analyzer é um bom exemplo;
  • Após a instalação, dê as permissões necessárias para o seu funcionamento;
  • Depois, solicite uma análise e espere até que ele te mostre a classificação dos canais;
  • A partir daqui, já é possível visualizar quais são os canais menos congestionados, para facilitar a sua conexão.

Aliás, se você é um provedor de internet, sabia que a Solução Flashbox de gerência remota de CPES, desenvolvida pela Anlix, aponta para o time de atendimento qual é o melhor canal Wi-Fi para o caso de cada cliente, tornando o trabalho do atendente mais simples, rápido e intuitivo? Em poucos cliques, é possível fazer essa troca! Não deixe de testar na sua base.

Seleção de canal no Flashman

Após descobrir quais são os melhores canais para o seu uso, você tem a alternativa de configurar a sua rede. Para isso, você deve saber o endereço IP do seu roteador. Basta realizar as seguintes ações:

  • Aperte as teclas “Windows” + “R” ao mesmo tempo e digite “cmd.” no campo que aparecer. Aperte “Enter” para conseguir prosseguir com a operação;
  • Após isso, digite o código “ipconfig.” (sem aspas) e então aperte a tecla “Enter” novamente;
  • Vários dados irão aparecer, porém, você só precisa anotar/copiar o que aparecer à frente da opção “Gateway Padrão”;
  • Depois disso, acesse a internet e cole o número copiado do “Gateway Padrão” em seu navegador, como se fosse realizar uma pesquisa comum na web;
  • O site irá te solicitar uma senha e um login, informações que devem estar contidas na parte de baixo do seu roteador, ou ainda no manual que foi entregue com ele;
  • Após acessar o portal, vá até a alternativa de “Wireless” e entre na opção “Configurações”;
  • Depois, vá na opção de “Canal”, escolha o que deseja se conectar, e clique na opção “Salvar”;
  • Após essas etapas, você pode reiniciar o seu computador e começar a contar com uma internet mais rápida.

Por que os canais acabam se congestionando?

Agora que descobrimos qual é o melhor canal Wi-Fi para o roteador, nos resta entender por que eles acabam se congestionando. Basicamente, uma série de fatores pode influenciar neste quesito, afetando a qualidade do sinal obtido.

Um deles diz respeito às conexões vizinhas às suas, que podem acabar influenciando no sinal do seu roteador. Isso porque, por estarem próximas, um sinal interfere no outro, o que faz com que nenhum deles funcione da maneira desejada.

Por isso, empresas que acabam dividindo parede com outras têm mais dificuldade em ter um Wi-Fi de qualidade. Isso acontece porque, provavelmente, um roteador está afetando o canal do outro, o que faz com que os dois sejam prejudicados.

Para evitar isso, é essencial que você escolha outro canal para atuar, pois, somente assim, você faz uso de uma frequência menos ocupada. Além disso, outros pontos que podem acabar diminuindo a qualidade do sinal são:

  • Grande quantidade de dispositivos usando a mesma conexão;
  • Presença de muitos objetos no local onde o roteador está instalado;
  • Presença de eletrodomésticos próximos ao roteador;
  • Muitos espelhos localizados no espaço onde o sinal deveria se perpetuar;
  • Presença de muitas paredes, que acabam dificultando a propagação da internet dentro do imóvel.

É essencial que você, além de escolher o melhor canal para se conectar, também fique atento a alguns dos fatores que foram apontados em nosso texto. É muito importante não deixar nenhum detalhe de conexão passar despercebido e também saber como posicionar o roteador corretamente para o melhor sinal.

Se você é um provedor de internet e se interessou com os benefícios que as soluções da Anlix podem oferecer para a sua operação, não deixe de preencher um rápido formulário abaixo para começar testar a nossa plataforma!

Onde conheceu as soluções da Anlix? *
Autorização de envio de conteúdo *